Ronaldo relembra como fugiu de concentração da seleção com Romário

W.Abner –

O ex-atacante Ronaldo não é muito de, publicamente, falar de suas estripulias enquanto jogador de futebol, embora elas sejam muitas. Neste domingo, no entanto, ele abriu parte do jogo em entrevista à ESPN Brasil.

Um dos momentos hilários relembrados pelo Fenômeno ocorreu durante a Copa América de 1997, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. A seleção estava na concentração após a primeira vitória do torneio e parte dos jogadores, como ele, Romário e Djalminha, queriam sair para dar uma volta, o que era proibido.

“Foi a primeira e única vez que fugi da concentração na vida. A fuga foi cinematográfica. Eu era garoto ainda e o Romário me intimava: ‘Vamos embora garoto’. Ele me levou para o fundo hotel, ia com as pernas em uma parede e as costas no muro, subindo. Do outro lado do muro tem uma escada. A gente desce a escada, ele vira essa escada para outro muro, a gente sobe, desce e tem uma outra escada, sai e já tem um táxi na porta. Tudo pronto ali”, contou aos risos.

Após o episódio, o técnico Zagallo passou a liberar os jogadores depois dos jogos e o Brasil acabou sendo campeão do torneio, vencendo a própria Bolívia na final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *